Londrina reúne qualidades e talentos suficientes para se apresentar ao mundo como Cidade Genial. Muitos querem ser, Londrina já é. Confira alguns ativos que fazem a diferença da cidade que respira conhecimento e inovação:

SERCOMTEL
A companhia municipal de telecomunicações é hoje uma das principais referências do País em transmissão de dados por fibra óptica. Com equipes altamente qualificadas e posições de destaque nos rankings nacionais do setor, a Sercomtel é hoje a maior plataforma para operações de Internet no Sul do Brasil. Não é qualquer cidade que tem uma companhia desse porte em casa. Para falar a verdade, só Londrina tem.

INSTITUTO SENAI DE TECNOLOGIA
O Senai está criando 61 unidades do IST – Instituto Senai de Tecnologia. Londrina é a única cidade do País em que o Instituto vai dar enfoque exclusivo ao segmento de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). Com investimento previsto de R$ 10 milhões, o IST de Londrina começa a funcionar oficialmente em fevereiro e já atraiu o interesse de estados brasileiro e até de países vizinhos. Em torno do Instituto, o APL de TI planeja criar um Distrito Tecnológico.

APL DE TI
Londrina criou em 2006 o Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação. É o primeiro APL de TI reconhecido no Paraná. Com uma governança dinâmica e participativa, o APL se destaca em termos de quantidade e qualidade. São mais de 1.181 empresas de TI na região. O mais notável é que dentro dessa diversidade nasceu um clima de união e um espírito associativista que fortalecem o setor de maneira exponencial. Aqui, a conexão também faz a força.

PARCEIROS
Sem parcerias, nada disso teria acontecido. Na ascensão da TIC em Londrina, destaca-se o trabalho essencial do Sebrae, do Sinfor (Sindicato das Indústrias de Software) e da Cintec (Central de Inovação, Desenvolvimento e Negócios Tecnológicos), organizações de valor inestimável nesse processo. Nossa Central de Negócios em TI é a primeira do Brasil. E o Sinfor vincula o segmento tecnológico à FIEP (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

UNIVERSIDADES
Londrina hoje conta com 17 instituições de ensino superior, com destaque para UEL, Unopar, Unifil, PUC-PR, IFPR, UTF-PR, Inesu, Uninorte e Faculdade Catuaí. Há cursos superiores de graduação, especialização e mestrado em computação e processamento de dados, além de uma avançada estrutura de EAD (ensino a distância). Há também nove centros formadores de mão de obra em TI. A cidade hoje tem uma população universitária de 40 mil alunos.  Londrina respira conhecimento e capacitação.

CERTIFICAÇÕES
Se Londrina fosse um estado da federação, seria o 6º do País em certificações de alto nível para empresas de software. A cidade tem 19 das 38 MPS-BR do Paraná; 9 das 14 MoProSoft do Estado; e as 3 primeiras ItMark do País.
ECOSSISTEMAS
Londrina é hoje um nascedouro de empresas inovadoras na área tecnológica. Temos a Aintec (Agência de Inovação da UEL), a Intuel (Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da UEL), o Ecossistema de Startups, o Hotel Tecnológico e diversos escritórios de coworking. Inovação é a palavra de ordem em Londrina.

ISS TECNOLÓGICO
Desde setembro de 2010, a cidade possui uma Lei Municipal de ISS Tecnológico, que prevê renúncia fiscal para empresas que desenvolverem projetos de inovação tecnológica. A Codel (Companhia de Desenvolvimento de Londrina) faz a operacionalização da lei no âmbito do poder público municipal.

ENTIDADES FORTES
A sociedade civil de Londrina é caracterizada por sua forte autonomia e exerce um papel extremamente relevante no desenvolvimento local. A base para o avanço civilizacional é o fortalecimento das instituições. E aqui elas estão presentes com dinamismo e ousadia. A ACIL, fundada em 1937, é um dos maiores exemplos desta força institucional.


GRANDES EMPRESAS
Nomes de peso do setor de TI já descobriram Londrina Cidade Genial. Nos últimos anos, a criação de um ambiente favorável ao desenvolvimento tecnológico atraiu grandes empresas como Atos,Grupo Contax, NTT Date, Ewave do Brasil, Xangô e XS Tecnologia.